menu
São Paulo - SP | Whatsapp: 11966761536
administrador
São Paulo - SP
CARNAVAL 2018
ENTRETENIMENTO
ENTRETENIMENTO
CARNAVAL 2018
Postada em 24/06/2017 ás 00h41 - atualizada em 26/06/2017 ás 18h28
Doria garante recursos para carnaval 2018 com ampliação do investimento privado
Prefeito quer diminuir participação da Prefeitura no repasse. Rio cortou verba de carnaval.
Doria garante recursos para carnaval 2018 com ampliação do investimento privado

 



O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), garantiu nesta terça-feira (20) que os recursos do carnaval paulistano serão mantidos na mesma ordem para 2018. O tucano participou de uma reunião em seu gabinete com os prefeitos de oito cidades brasileiras, entre eles o do Rio de Janeiro, Marcello Crivella, nesta tarde.

Apesar da verba para as escolas de samba estar garantida, Doria disse que vai tentar diminuir ao máximo a participação da Prefeitura no repasse.

"Vamos fazer um trabalho ainda mais intenso com o setor privado. Ou seja, vamos suplementar os recursos que a Prefeitura tiver necessidade de reduzir com o investimento privado. Ou seja, às escolas de samba e à liga não faltará o recurso estimado e previsto. Pode mudar o carimbo. Em vez de ser público, ser privado", explicou.

O prefeito afirmou que ainda não sabe quanto pretende cortar dos gastos públicos, mas mostrou-se otimista em achar futuros parceiros para dividir a conta.

"O carnaval de São Paulo é importante não só como uma atividade cultural e de lazer, mas é importante também como fator turístico. Ele gera receita para a cidade, demanda não só de pessoas do interior do estado para a capital, como de turistas que vem de outros países, além da movimentação dos próprios cidadãos que aqui estão e utilizam restaurantes, transporte, serviços, fantasias... enfim, há uma irrigação econômica grande", disse.

De acordo com Doria, o aumento da participação da iniciativa privada e a consequente redução do investimento público vai "equalizar, garantir a realização do carnaval".

O prefeito do Rio, Marcelo Crivella, por sua vez, garantiu após a fala de Doria que não vai voltar atrás na decisão de cortar a verba do carnaval carioca. O repasse da Prefeitura da cidade às escolas de samba será reduzido pela metade no ano que vem.

Segundo Crivella, a decisão pelo corte não tem a ver com questões religiosas, mas sim com responsabilidade fiscal. "Quando eu assumi, nós encontramos um déficit de R$ 3 bilhões no orçamento", justificou.



"É importante ressaltar que o carnaval do Rio de Janeiro, nos últimos cinco anos, com exceção do ano passado, recebeu R$ 1 milhão por escola, que é o que nós vamos garantir para o ano que vem. Só no ano passado foi para dois milhões. Então, o que nós estamos reduzindo é o aumento. E não me consta que os desfiles dos anos anteriores tenham sido menos glamurosos, do que foi ano passado", concluiu.

Assim como Doria, Crivella busca parceiros no setor privado para ajudar a financiar a folia carioca. O corte no repasse público seria "uma maneira de incentivar o carnaval a buscar recursos".


leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Enquete
O que você acho do Jornal São Paulo de Fato?

Está Ótimo
19962 votos - 63.2%

Bom
6426 votos - 20.3%

Está bem legal
4859 votos - 15.4%

Razoável
332 votos - 1.1%

facebook
twitter
© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados